Missão

Ser um fórum de debates, difusão e sistematização do conhecimento na área de telecomunicações, de forma a contribuir para o seu desenvolvimento no Brasil e para a inserção do País no cenário internacional.

Objetivos Estratégicos

chevron_rightDifundir o conhecimento no campo das telecomunicações por meio de eventos, reuniões, publicações, cursos, outras atividades técnico-científicas;
chevron_rightPromover o intercâmbio com outras sociedades científicas de interesses afins;
chevron_rightFomentar a troca de informações e a discussão de temas relacionados ao crescimento brasileiro no campo das telecomunicações, em todos os seus aspectos: pesquisa, desenvolvimento, ensino, serviços e industrialização;
chevron_rightBuscar a interação com os organismos nacionais e internacionais de regulamentação e normalização.

Diretoria

  • person Presidente
    Charles Casimiro Cavalcante
    Universidade Federal do Ceará - UFC
    charles@gtel.ufc.br
  • person Vice-Presidente de Atividades Técnicas
    Cecilio José Lins Pimentel
    Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
    cecilio.pimentel@ufpe.br
  • person Vice-Presidente de Finanças
    Marcello Luiz Rodrigues de Campos
    Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
    campos@smt.ufrj.br
  • person Vice-Presidente de Desenvolvimento e Difusão
    Cristiano Magalhães Panazio
    Universidade de São Paulo - USP
    cpanazio@lcs.poli.usp.br
  • person Vice-Presidente de Relações Externas
    Ugo Silva Dias
    Universidade de Brasília - UnB
    udias@unb.br
  • group Membros do Conselho
    Eduardo Antônio Barros da Silva
    João César Moura Mota
    João Marcos Travassos Romano
    Lisandro Lovisolo
    Paulo Cardieri
    Edmar Candeia Gurjão - suplente
    Felipe Rudge Barbosa - suplente

Sócios Eméritos e Seniores

Hélio Marcos Machado Graciosa ( E-2008, S-2001)
Hélio Waldman ( E-2009, S-2001)
João Marcos Travassos Romano (E-2011, S-2006)
José Mauro Pedro Fortes (E-2010, S-2001)
José Roberto Boisson de Marca ( E-2008, S-2001)
Marcelo Sampaio Alencar (E-2013,S-2008)
Marta Rettelbusch de Bastos (E-2017,S-2008)
Max Gerken (E-2003)
Raimundo Sampaio Neto (E-2011, S-2006)
Rege Romeu Scarabucci (E-2010, S-2001)
Reginaldo Palazzo Junior (E-2013,S-2007)
Rui Seara (E-2018, S-2008)
Valdemar Cardoso da Rocha Junior ( E-2008, S-2001)
Weiler Alves Finamore (E-2012, S-2007)

Abraham Alcaim (S-2009)
Alexandre de Almeida Prado Pohl (S-2014)
Bartolomeu Ferreira Uchôa Filho (S-2011)
Cecilio José Lins Pimentel (S-2013)
Charles Casimiro Cavalcante (S-2012)
Claudio Aparecido Violato (S-2018)
Cristiano Magalhães Panazio (S-2017)
Dalton Soares Arantes (S-2011)
Eduardo Antonio Barros da Silva (S-2010)
Ernesto Leite Pinto (S-2012)
Hélio Magalhães de Oliveira (S-2018)
Jaime Portugheis (S-2009)
João Célio Barros Brandão (S-2010)
João César Moura Mota (S-2010)
João Crisóstomo Weyl Albuquerque Costa (S-2017)
José Antônio Apolináro Jr. (S-2014)
Lisandro Lovisolo (S-2017)
Marcello Luiz Rodrigues de Campos (S-2013)
Max Henrique Machado Costa (S-2008)
Michael Daoub Yacoub (S-2011)
Paul Jean Etienne Jeszensky (S-2013)
Paulo Cardieri (S-2012)
Renato Baldini Filho (S-2012)
Renato da Rocha Lopes (S-2014)
Ricardo Menezes Campello de Souza (S-2008)
Richard Souza Demo (S-2014)
Rosângela Fernandes Coelho (S-2009)
Ugo Silva Dias (S-2018)









Histórico

Fundação

Em setembro de 1983, graças ao empenho da comunidade científica brasileira, foi realizado o primeiro Simpósio Brasileiro de Telecomunicações no Rio de Janeiro. Durante o evento ocorreu a Assembléia Fundacional da Sociedade Brasileira de Telecomunicações, com a sigla SBT.

A Revista

Reconhecendo a importância de se ter um vínculo que pudesse documentar a produção científica brasileira na área, a SBrT criou em 1986 a Revista Brasileira de Telecomunicações. Posteriormente, em 2005. a revista foi internacionalizada e passou a se chamar Journal of Communication and Information Systems (JCIS).

Congressos Internacionais

Além dos tradicionais Simpósios Brasileiros de Telecomunicações, que ocorrem anualmente desde 1983, a Sociedade decidiu realizar em 1990 o "International Telecommunications Symposium - ITS'90" em parceria com o "IEEE Communication Society (ComSoc)". Sua última edição ocorreu no ano de 2014 em Campinas, São Paulo.

A cooperação com a ComSoc foi incrementada quando em 1995 foi assinado um acordo fazendo da SBT uma "IEEE ComSoc Sister Society".

Como um dos frutos deste acordo foi realizado em 1999 a "IEEE Global Telecommunications Conference (Globecom)", uma das principais conferências mundiais em telecomunicações. O evento ocorreu no Rio de Janeiro com enorme sucesso consolidando assim a cooperação entre as duas sociedades.

Novos Estatutos

Atenta às mudanças significativas na área de telecomunicações no Brasil a Sociedade Brasileira de Telecomunicações iniciou em 1999 um processo de reavaliação de seu papel na comunidade técnica e científica. Adotou a nova sigla de SBrT e novo logotipo, iniciando também um processo de maior aproximação com o meio empresarial. Finalmente, no início de 2001, aprovou seus novos estatutos onde se estabelece um papel mais relevante para os sócios corporativos, se procura descentralizar as atribuições por meio da criação de vice-presidências, se incentiva a criação de diretorias regionais e grupos temáticos e se cria as figuras de sócios seniores e sócios eméritos, de modo a prestar reconhecimento àqueles que contribuíram significativamente com a SBrT. Os primeiros sócios seniores foram nomeados em setembro de 2001.

O Futuro

Sem deixar sua característica marcante de Sociedade Científica, a SBrT abre-se hoje igualmente ao meio acadêmico e empresarial. Entre seus sócios encontram-se engenheiros, professores, pesquisadores e estudantes. A contribuição de todos é essencial para fazer da SBrT, cada vez mais, o principal fórum para a troca de idéias e a sistematização do conhecimento brasileiro na área de telecomunicações, contribuindo para o desenvolvimento e a inserção do país no cenário internacional.




Estatuto

Clique aqui para visualizar o estatuto.